Receba dicas grátis!

O que é Face Chart?

Face Chart

Com as semanas de moda acontecendo ao redor do mundo, é possível que você tenha ouvido falar em Face Chart quando o assunto é maquiagem. Nos grandes desfiles, palcos e até nas boas produções do cinema, esse artifício é um dos maiores auxiliares dos profissionais.

Você sabe exatamente do que se trata? Para entender um pouco mais sobre essa “invenção” e utilizá-la a seu favor, continue a leitura desse post. O Face Chart é o foco dele!

O que é Face Chart?

Chamamos de Face Chart uma representação gráfica de um rosto. Ou seja, o desenho de um rosto feito ou impresso sobre um papel, que ajuda os maquiadores a criarem diferentes tipos de modelagens, sem a necessidade de um modelo vivo.

É um croqui de maquiagem que engloba os diversos tipos de rostos, tamanhos e formatos de olhos, narizes e lábios.

Mas para que serve isso?

O Face Chart é o guia de referência, usado em backstages de desfiles e outras produções. E ainda pode ser usado em books de lojas de maquiagem, servindo como uma inspiração para clientes e testadores.

Para maquiadores profissionais, esses “modelos de papel” servem não só como treinamento, mas também como complementação do seu portfólio. É bem mais prático mostrar os desenhos ao invés de precisar maquiar um modelo sempre que precisar mostrar uma ideia a uma cliente, certo? Com a carga de trabalho corrida e os dias agitados, o Face Chart faz a diferença, com uma apresentação rápida e versátil para clientes específicos.

Por falar em treinamento para os maquiadores, o Face Chart pode ser o ajudante ideal para os iniciantes, que precisam treinar a sua criatividade. É um auxiliar que ajuda na combinação de cores, pontos de iluminação, contorno e estilos de maquiagens diferentes.

Assim, você pode testar e errar à vontade, fazendo as devidas mudanças e evitando que esses deslizes aconteçam no rosto da modelo (ou da cliente). Menos estresse para os dois lados!

Como usar o Face Chart?

É possível encontrar diversos modelos de Face Chart para baixar na internet. Normalmente, os desenhos estão dispostos ao lado de espaços onde você pode escrever as referências de maquiagem que foram utilizadas naquele croqui. Anotar tudo é importante, especialmente para quando precisar reproduzir aquela make em um cliente.

Atente-se para o papel que vai utilizar para imprimir esses desenhos. É interessante que seja bem resistente. Não utilize um papel ofício comum! A textura deve ser semelhante aos papeis próprios para aquarela ou o papel Canson.

Esse tipo de papel faz com que os produtos usados tenham melhor aderência, sem prejudicar o acabamento do desenho, com leveza também na maquiagem. É válido para que o resultado apresentado esteja limpo e bem feito. O fixador de maquiagem serve para dar o acabamento e evitar aquelas “borradinhas” no papel.

O material de base utilizado é a sua maquiagem. Pó, base, sombra, delineadores, lápis, blush, batons, iluminadores — tudo pode ser adequadamente testado. Ainda existe espaço para a sua criatividade, especialmente naqueles casos de maquiagem artística. É possível complementar os desenhos usando lantejoulas, glitter, miçangas e outros apliques.

Algumas pessoas usam caneta tinteiro no lugar do delineador para facilitar o desenho dos olhos e dos cílios. Mas a caneta delineadora faz esse serviço muito bem.

O Face Chart ajudará a deixar o seu trabalho mais bem feito e o seu portfólio completo!

O que achou de saber mais sobre o tema? Deixe aqui o seu comentário.

Adicionar comentário